Não, O Facebook Não Vai Acabar

Eu normalmente considero as minhas crónicas como uma plataforma de despejo da minha idiotice, mas desta vez vou considerar meio como serviço social.

Eu acredito que os meus inteligentíssimos e intelectuais leitores não se identificam com o tipo de pessoa que vou passar a descrever, mas com certeza conhecerão alguém que se enquadre no perfil, ao que eu peço que lhes façam chegar a mensagem, é muito importante, não estou a dizer isto só para ter views e cenas 😏

Ora, de tempos a tempos vão aparecendo uns posts pelas redes sociais, maioritariamente no Facebook mas não exclusivamente, com comunicados de 37 parágrafos a dizer que o Facebook vai acabar e que se não postarmos determinada mensagem no nosso moral, fizermos 3 mortais encarpados a retaguarda, rezarmos 82 Pai Nossos e 76 Avé Marias os nossos dados vão tornar-se públicos ou o Facebook vai ter acesso a toda a nossa informação ou o mundo vai acabar.

Tenho uma boa notícia e uma má… A boa? A boa primeiro? Tá bom, a boa é que a vossa informação já não é privada há muito tempo, mais especificamente, desde que criaram uma conta no Facebook, deram de livre vontade a vossa informação, aceitaram um termo de condições e começaram a vomitar a vossa vida privada na internet. A má é que o mundo não vai acabar, vamos mesmo ter de continuar a lidar com esta palhaçada de viver ou lá o que é…

Não, não há nenhuma lei UCC 1-308-1 1 308-103, o estatuto de Roma existe desde 1998 e não tem nada a ver com redes sociais ou internet, não o Facebook não vai passar a ser pago nem temos de postar uma declaração no nosso mural para proteger os nossos dados.

É um bocado como aquelas notícias virais que a malta partilha, tipo, “ULTIMA HORA: Fóssil De Fémur Com Três Metros Confirma Existência De Gigantes”, mas quando um gajo clica é só uma daquelas páginas de notícias falsas, ou uma notícia sobre fósseis de mamutes.

Será que a pessoa que partilhou só queria pregar uma partida ou partilhar uma notícia sobre elefantes pré-históricos? Talvez. Será que a pessoa não foi crítica e partilhou sem sequer abrir a notícia? Provavelmente.

Eu percebo que a internet cultivou a cultura do clickbait e do sensacionalismo para gerar tráfego, mas isto é perigoso porque gera muita desinformação, e depois temos pessoas a jurar que o Facebook vai acabar, ou mais grave ainda, a proliferar notícias falsas por só terem lido um título enganador. Vamos fazer um acordo, tá bom? Vamos começar a ser críticos, vamos ler as coisinhas e informar-nos antes de partilhar que o Ronaldo foi ao cu– Calma… Essa é verdadeira?

Falha minha.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: